O ontem e o hoje da Estação Ferroviária de Serra Talhada

Inauguração da estação de Serra Talhada no início de 1957 (Acervo Dierson Ribeiro).

Em 1957, era inaugurada a estação ferroviária de Serra Talhada, cidade natal do rei do Cangaço. Nessa época a ferrovia ainda era valorizada de uma certa forma em nosso estado, embora já estando sob certa decadência.

A chegada do trem à Serra Talhada, como foi para centenas de outras cidades, significou um grande progresso no sistema de transportes, uma vez que era a melhor ligação com a capital, tanto para o transporte de passageiros como para cargas. À essa época estavam ocorrendo outros importantes acontecimentos da história ferroviária de Pernambuco como a consolidação da R.F.F.S.A. e a aquisição das locomotivas ALCO para o sistema.

Hoje a referida estação encontra-se preservada. Fica às margens da BR-232, próxima ao centro da cidade. Está bem preservada e funciona a Estação do Forró, o Museu do Cangaço e Centro de Referência do Idoso.

Há tempos, trens não cruzam a plataforma da estação de Serra Talhada. A nova Transnordestina não passará pelo antigo trecho, apesar de cortar a cidade. No seu grande pátio os vários desvios guardam as lembranças do que um dia foi o principal transporte local.