Feto apodrece por 4 dias no Hospital Regional de Serra Talhada

Âncora do Sertão
hospital_sera_talhada2_

Hospital de Serra Talhada. Foto: Reprodução / Saúde

Um recém-nascido passou quatro dias apodrecendo nas instalações do Hospital Regional Professor Agamenon Magalhães (Hospam), em Serra Talhada, no Sertão de Pernambuco.

A senhora Sandra Maria Batista, 24 anos, natural de São José do Egito deu entrada na madruga da última quinta-feira (21), quando abortou o feto sem informar os antecedentes da ação. De acordo com a unidade médica, na sexta-feira a mãe recebeu alta e deixou o hospital sem providenciar o enterro do feto. Após o setor de assistência social tomar conhecimento do caso, acionou a polícia para tentar localizar a família.

Com a intervenção da polícia, Sandra Maria foi contactada e retirou o feto no final da tarde dessa segunda (25), depois de muita polêmica e repercussão do caso na comunidade local.

VEJA TAMBÉM