Jovem desaparecida em Pernambuco deixa familiares aflitos

Folha de PE
Garota foi vista na última vez em Olinda, diz testemunhas

Garota foi vista na última vez em Olinda, diz testemunhas

A família da doméstica Karina Francisca Santos da Silva, 26 anos, desaparecida desde a manhã da última sexta-feira (22), está em busca de informações sobre o paradeiro da jovem.Ela saiu para trabalhar e não voltou mais para casa.

Segundo testemunhas, Karina foi vista, nesta segunda (25), com uma mulher de cabelos loiros no bairro de Caixa D’água, em Olinda. Mas, de acordo com parentes, a falta de notícias precisas sobre o desaparecimento tem deixado a família ainda mais angustiada. O caso está sendo investigado pelo Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP). A polícia investiga as denúncias e ainda não descartou a hipótese de sequestro.

Ele ainda ressaltou que foram solicitadas as gravações de câmeras do local para verificar o que aconteceu durante o trajeto da jovem. O irmão de Karina, o fiscal de supermercado Gilberto Francisco, 33 anos, confirmou que a irmã tinha o costume de informar à família todos os passos. “Sempre se comunicava com a gente”, contou. A última conversa ao telefone foi com a mãe, que não quis dar entrevista. Gilberto comentou que, por volta das 07h30, Karina disse que estava tomando café para ir ao trabalho. “Minha mãe está muito nervosa, não consegue falar direito sobre o assunto. Mas nos contou que conversou com Karina logo cedo e não desconfiou de nada. Estava com a voz normal e bem feliz”, disse o irmão da jovem.

VEJA TAMBÉM