Representante do Governo Federal elogia Duque durante entrega de casas no Vila Bela

Âncora do Sertão
Noemi1

Noemi da Aparecida Leme – Superintendente do Governo. Foto: Robério Sá / Âncora

Em entrega das casas do Vila Bela, Luciano Duque destacou o orgulho em estar disponibilizando um lar para mais 500 pessoas, batendo pouco mais de duas mil moradias e, enfatizou o cadastramento já para o novo bairro, o Residencial Vanete Almeida. Com obras a todo vapor, as expectativas do governo destacam que mais de 80% das famílias que pagam aluguel, terão teto próprio.

Na ocasião, Duque reafirmou o desenvolvimento de Serra Talhada, agradecendo a Presidenta Dilma e mencionando o relatado a ela no final de 2015 quando teve a oportunidade de encontra-la. “Presidenta, Serra Talhada hoje não vive o colapso. Hoje não estamos com a lata d’água na cabeça, gratos a Adutora do Pajeú que botou água do rio São Francisco em cada residência”, lembrou. O Prefeito aponta que esta foi uma das obras mais importantes, acrescentando outros benefícios liberados pelo governo presidencial atual, como a liberação de mais 10 unidades básicas de saúde, a construção de uma UPA 24 horas no Bairro do Ipsep, o hospital de Urgência e Emergência que será inaugurado até o final do ano. Finalizou dizendo “são muitos os investimentos que chegaram a Serra Talhada, especialmente pelo olhar desse governo, o olhar da presidenta”.

Duque 13

Noemi da Aparecida Leme – Superintendente Nacional de Habitação Rural e Entidades Urbanas, também participou do momento solene, destacando em seu discurso que o programa “Minha Casa, Minha Vida” já beneficiou no país, 4 milhões de famílias, gerando também oportunidades de emprego em grande escala, trazendo esses benefícios, mais dignidade e melhores condições para os cidadãos, se mostrando como uma forma de contornar a crise, trazendo recursos e movimentando a economia, além a questão da saúde e segurança familiar. Reafirmou as palavras do Prefeito quanto a entrega de mais de 2 mil casas em Serra Talhada, remontando a um investimento de mais de 100 milhões do governo federal e foi firme “viemos na verdade, celebrar com o prefeito, com as famílias. Hoje é um dia de festa, um dia que realmente deve ficar na memória de cada família, porque é o dia que dá um direito constitucional que é morar com dignidade”, explanou.

A representante do Governo Federal fez questão de registrar  que o programa “Minha Casa, Minha Vida” já beneficiou no país, 4 milhões de famílias, gerando também oportunidades de emprego em grande escala, trazendo esses benefícios, mais dignidade e melhores condições para os cidadãos, se mostrando como uma forma de contornar a crise, trazendo recursos e movimentando a economia, além a questão da saúde e segurança familiar. Reafirmou as palavras do Prefeito quanto a entrega de mais de mais de 2 mil casas em Serra Talhada, remontando a um investimento de mais de 100 milhões do governo federal e foi firme “viemos na verdade, celebrar com o prefeito, com as famílias. Hoje é um dia de festa, um dia que realmente deve ficar na memória de cada família, porque é o dia que dá um direito constitucional, que é morar com dignidade”.

Noêmi fez questão de registrar que o programa não faz distinção de partidos políticos, e, em vários municípios do estado, que são de governo oposicionista, o projeto apresenta um número expressivo de construção de casas.

Duque 1

Aproveitando, na oportunidade, elogiou Duque – “Aqui em Serra Talhada o que rvemos é realmente o empenho do prefeito. Sempre que ele vai à luta, o recurso sai de Brasília e vem para o município. Deve haver sempre essa parceria, pois se não tiver a parceria do município, se não tiver a parceria dos movimentos sociais, do governo do estado, não teria o sucesso que ele tem hoje. Então, independente de partido político, se o prefeito for bom, se ele for atrás, ele traz recursos. É o caso de Serra Talhada, que aproveitamos para parabenizar o prefeito pelo seu empenho, pela sua disposição em estar trazendo não só o ‘minha casa, minha vida’, mas todos os feitos por aqui realizados, isso porque ele tem uma boa equipe técnica que faz projetos e que corre atrás, fazendo com que o dinheiro chegue”, finalizou.

Seguiu seu discurso, enfatizando que Pernambuco já beneficiou mais de cinco mil famílias do campo e que é muito importante o apoio dos movimentos sociais, dos sindicatos de trabalhadores, explanando: “nós temos casas muito boas, uma qualidade muito boa na área rural que faz com que a família do campo tenha muito mais orgulho de trabalhar com agricultura. Os beneficiados são famílias que nunca tiveram condições de ter uma casa de tijolo e agora saem da casa de taipa – ainda naquelas condições sub-humanas de moradia, para ter uma condição boa, pra ter cisterna”.

Aproveitando a fala de melhoria na qualidade de vida, ressaltou a atuação do programa Bolsa Família, criado com o objetivo de garantir que as famílias brasileiras tivessem três refeições por dia. Afirmou “é um programa de muita nobreza incrível” e completou tratando que hoje não se ouvem tantas histórias tão tristes, pois as famílias tem casa, o Bolsa Família, mais crianças estudando, visto que o programa propicia a criança a ficar mais tempo na escola, dando uma perspectiva de futuro diferente.

Finalizando, acrescentou os feitos do PRONATEC que prepara as pessoas para o mercado de trabalho, a partir do ensino técnico; a transposição do Rio São Francisco que relatou ser para o nordeste um dos maiores e fantásticos dos programas, que além de água, leva vida para as pessoas; indo aos poucos, transformando a rotina dos brasileiros.

VEJA TAMBÉM