Penitenciária do Curado vai receber intervenção do Governo de PE

Blog da Folha

O secretário de Justiça e Direitos Humanos de Pernambuco, Pedro Eurico, afirmou que o Governo fará novas intervenções no Complexo Prisional do Curado. No sábado (23), um dos muros do local foi explodido e 40 detentos acabaram fugindo. A administração estadual informou que 39 presidiários já foram recapturados.

Em entrevista à Folha de Pernambuco, Eurico informou que desde a decretação do Estado de Emergência do sistema prisional de Pernambuco, em janeiro de 2015, o Governo conseguiu dar prosseguimento a algumas obras. Ele também disse que a administração estadual não nomeou nenhum interventor.

“A história do Estado de emergência foi para agilizar a licitação para obras que estavam pendentes. Neste sentido, foram feitas parte de obras do Curado, como o alambrado. (…) Veio o inverno, e tivemos que dar uma parada, mas já retomou algumas coisas”, explicou o secretário.

“Também foram ações de combate à fuga, ações de controle a drogas e a intensificação de controle a entrada de armas e objetos”, disse.

Em janeiro de 2015, o governador Paulo Câmara tinha nomeado o ex-assessor de Assuntos Estratégicos do seu gabinete, Renato Thièbaut, como o interventor do Complexo Integrado de Ressocialização (CIR) de Itaquitinga, na Zona da Marta Norte. O local serviria como desafogo para algumas penitenciárias do Estado. No entanto, um ano depois, ainda não houve uma solução para o presídio.

VEJA TAMBÉM